O Elefante e a sua história com a Tailândia - Sonho e Destino

Assine nossa newsletter:

Quer receber nosso informativo e ficar por dentro das nossas viagens? Basta cadastrar o seu e-mail abaixo.

O Elefante e a sua história com a Tailândia

A aventura que tivemos com os elefantes com certeza foi uma das mais inesquecíveis das nossas vidas.

Depois de já termos passado por vários lugares na nossa viagem pela ásia, era hora de chegarmos em uma pequena cidade ao norte da Tailândia chamada Chiang Rai. Nunca tínhamos ouvido falar dessa cidade e nem imaginávamos a ligação que os elefantes têm com esse lugar, mas a verdade é que esse pequeno vilarejo tem atraído cada vez mais turistas do mundo todo. Além disso, Chiang Rai serve de base para as pessoas que querem visitar o Golden Triangle, a fronteira entre os países Laos, Myanmar e Tailândia.

Ficamos hospedados no Hotel Four Seasons Tented Camp que possui várias atividades ao ar livre. Acreditamos ser um dos hotéis mais diferentes que conhecemos, pois sua estrutura era de acampamento e ligação direta com a natureza e animais silvestres. O Hotel criou um abrigo para os elefantes que foram maltratados em circos ou que sofreram algum tipo de ferimento na selva e lá receberam um cuidador especial que se torna parte da família do elefante.

Tailandia - elefantes
Gisella junto com o cuidador de elefantes

Quando um novo elefante nasce no abrigo, ele já recebe seu cuidador, uma pessoa que ficará com ele durante toda a sua vida.

Entendendo a rotina dos elefantes

Nossa experiência começou logo no segundo dia no hotel, já no café da manhã.  Recebemos uma mensagem dizendo que era dia de tomar café com os elefantes. Fomos até o restaurante e nos deparamos com aqueles dois animais gigantes na nossa frente. Vamos combinar que no início é um pouco assustador, mas não demorou muito para aprendermos a primeira lição sobre os elefantes, que diz que quando suas orelhas estão mexendo é porque eles estão felizes. O hotel forneceu cachos e mais cachos de bananas para nós irmos colocando na tromba do elefante. Aprendemos ali um pouco mais sobre esses animais e que sua expectativa de vida é de 70 e 80 anos.

Tailandia isella e Fernando alimentando os elefantes
Gisella e Fernando alimentando os elefantes

Entender a ligação que os elefantes tem com a Tailândia é curioso e gira em torno de muita cultura. O elefante é o símbolo oficial do país, é um animal sagrado e estão por todas as regiões. Antigamente eram usados como montaria e até veículos de guerra.

Cafe da manha com os elefantes
Café da manhã com os elefantes

É hora do treinamento e do banho

Após o café da manhã era a hora de ter experiências com esses animais super simpáticos. A gente não entendia ainda o que seria, afinal o nome da atividade era “Banho com os elefantes”. Para essa atividade nós precisamos de roupas apropriadas que o próprio o hotel oferece. Devidamente vestidos nos encontramos no local marcado que é onde os elefantes passam a noite. Assim que nos apresentamos já recebemos um papel com as palavras-chave para se comunicar com eles e seus respectivos nomes. Gisella era responsável pelo Sri-Naum de 16 anos de idade e Fernando por Poon Larb, um elefante bem maior de 40 anos.

Gisella e Fernando com o elefante Sri-Naum ao fundo
Gisella e Fernando com o elefante Sri-Naum ao fundo

Era a hora de aprender as palavras chaves e seguirmos para o próximo passo, guiar o elefante pela selva. O primeiro passo é montar nele, e não demora muito para falarmos a palavra chave e o elefante facilitar a nossa subida, agachando para conseguirmos alcançar suas costas. Passeamos por quase uma hora até chegarmos ao lugar onde tomamos o banho. E coloca banho nisso! O elefante entra na água até a barriga, enche a tromba e direciona toda a água para o nosso rosto. Que sensação diferente e maravilhosa. Parece ser um pouco nojento, mas como diz a frase: se estamos na chuva é para se molhar. Todo o passeio durou cerca de 2 horas e foi suficiente para nos cansarmos muito, mas foi muito gostoso, principalmente tomar uma chuveirada dessas em um dia tão quente.

A nossa experiência por Chiang Rai não poderia ter sido mais rica e inesquecível. Serão momentos que levaremos para sempre, uma ligação que tivemos com esses animais tão silvestres e ao mesmo tempo tão amáveis. Acreditamos que cada pessoa terá uma impressão diferente em relação aos elefantes e a gente pode dizer que a nossa foi transformadora.

Cuidado e respeito com os elefantes
Cuidado e respeito com os elefantes
Sonho e Destino
Publicado por
Sonho e Destino

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *